Who Cares – Confidential 05

confidential05Sejam bem-vindos a 2015, whookers!

Foi um longo tempo fora do ar, mas a nossa periodicidade já está de volta ao normal (assim como as costas do editor). No entanto esse Confidential foi pego pelo vórtex temporal e ficou alguns meses datado, pedimos desculpas por isso. A partir da segunda que vem o Who Cares volta de vez com o S02E03, School Reunion.

Casa cheia nesse Confidential: JP, Thales Martins, Raphael Salimena, a quarta quensiana Gabriela Ventura e o convidado especial Leonardo Kitsune leem uma enxurrada de cartinhas, jogam conversa fora e falam sobre a participação do sétimo doutor Sylvester McCoy na Brasil Comic Con 2014!

Ouça agora ou faça o download (clique com o botão direito do mouse no link e escolha a opção Salvar Link ou Destino Como). Ou assine o nosso feed. Fale com a gente no e-mail whocarespod@gmail.com, no twitter @WhoCaresPod, ou no facebook.com/WhoCaresPod

Comentados neste episódio:

 

Anúncios

52 pensamentos sobre “Who Cares – Confidential 05

  1. Pois bem , não tinha muito o que fazer hoje mesmo, então decidi gastar meu tempo. Fui nesse site aqui(http://www.dewhurstdesigns.co.uk/dynamic/index.htm), que é meio que uma pesquisa que rola desde de 1995 que rankeia TODOS os episódios de Doctor Who que já passaram na TV de acordo com votação do público e decidi ver qual era considerada a melhor temporada de Doctor Who de todos os tempos pelo público geral calculando a média dos episódios da temporada. No fim acabei fazendo um ranking completo das temporada e falei ‘Ah, quer saber, que se foda,vou postar no Whocares’. Eu sinceramente me surpreendi com os resultados da série atual, eu esperava algo bem diferente. Aliás, as notas mudam o tempo todo, então é bem provável que as notas tenham mudado um pouco ou, no caso na 8ª temporada da série atual, bastante.
    Ps. Valores arredondados para a segunda casa decimal
    Pss. Especiais de Natal considerados como episódio 0 da temporada seguinte, Especiais de 2009 contabilizados com a 4ª Temporada da série atual e especiais de 2013 (Day e Time) contabilizados na 7ª

    1- 14ª Temporada (4º Doutor) = 7,45
    2- 7ª Temporada (3º Doutor) = 7,44
    3- 13ª Temporada (4º Doutor) = 7,26
    4- 31ª Temporada [5ª Temporada da série atual] (11º Doutor) = 7,06
    5- 5ª Temporada (2º Doutor) = 7,02
    6- 34ª Temporada [8ª Temporada da série atual] (12º Doutor) = 6,97
    7- 27ª Temporada [1ª Temporada da série atual] (9º Doutor) = 6,95
    8- 33ª Temporada [7ª Temporada da série atual] (11º Doutor) = 6,91 (isso me surpreendeu muito, achei que ia tá lá embaixo)
    9- 12ª Temporada (4º Doutor) = 6,9
    10- 30ª Temporada [4ª Temporada da série atual] (10º Doutor) = 6,87 (outra que me surpreendeu muito, achei que as temporadas do Tennant estariam no topo das temporadas atuais)
    11- 32ª Temporada [6ª Temporada da série atual] (11º Doutor) = 6,86 (Dada a quantidade de hate que essa temporada recebe, eu achei que ela estaria na pqp, mas ela está colada na melhor temporada do Tennant, só surpresas)
    12- 10ª Temporada (3º Doutor) = 6,74
    13- 29ª Temporada [3ª Temporada da série atual] (10º Doutor) = 6,73
    14- 26ª Temporada (7º Doutor) = 6,72
    15- 28ª Temporada [2ª Temporada da série atual] (10º Doutor) = 6,63
    16- 18ª Temporada (4º Doutor) = 6,6
    17- 8ª Temporada (3º Doutor) = 6,51
    18- 1ª Temporada (1º Doutor)= 6,37
    19- 16ª Temporada (4º Doutor) = 6,34
    20- 19ª Temporada (5º Doutor) = 6,33
    21- 4ª Temporada (1º e 2º Doutores) = 6,31
    22- 6ª Temporada (2º Doutor) = 6,25
    23- 11ª Temporada (3º Doutor) = 6,24
    24- 9ª Temporada (3º Doutor) = 6,23
    25- 20ª Temporada (5º Doutor) = 6,19
    26- 21ª Temporada (5º e 6º Doutores) = 6,12
    27- 25ª Temporada (7º Doutor) = 6,1
    28- 17ª Temporada (4º Doutor) = 6
    29- 15ª Temporada (4º Doutor) = 5,94
    30- 22ª Temporada (6º Doutor) = 5,94
    31- 2ª Temporada (1º Doutor) = 5,9
    32- 3ª Temporada (1 Doutor) = 5,89
    33- Filme (8º Doutor) = 5,66
    34- 23ª Temporada (6º Doutor) = 5,65
    35- 24ª Temporada (7º Doutor) = 4,52

    Curtir

    • Gostei dessa lista e fui no site dar as notas, eu dou notas bem mais altas, até porque a sua lista foi feita a partir de médias de vários episódios, votados por milhares de pessoas. Aqui está a minha:

      1- 7ª temporada – 9.25
      2- 26ª temporada – 9.25
      3- 30ª temporada + especias de 2009 (quarta temporada) – 8.9
      4- 27ª temporada (primeira temporada) – 8.7
      5- 14ª temporada – 8.6
      6- 34ª temporada (oitava temporada) – 8.6
      7- 10ª temporada – 8.6
      8- 13ª temporada – 8.5
      9- 8ª temporada – 8.4
      10- 5ª temporada – 8.4
      11- 25ª temporada – 8.25
      12- 1ª temporada – 8.25
      13- 18ª temporada – 8.1
      14- 16ª temporada – 8.1
      15- 12ª temporada – 8
      16- 29ª temporada (terceira temporada) – 8
      17- 32ª temporada (sexta temporada) – 8
      18- 31ª temporada (quinta temporada)- 7.9
      19- 15ª temporada – 7.8
      20- 9ª temporada – 7.8
      21- 22ª temporada – 7.8
      22- 19ª temporada – 7.8
      23- 28ª temporada (segunda temporada)- 7.8
      24- 4ª temporada – 7.7
      25- 3ª temporada – 7.7
      26- 2ª temporada – 7.7
      27- 11ª temporada – 7.6
      28- 21ª temporada – 7.3
      29- 6ª temporada – 7.2
      30- 17ª temporada – 7.2
      31- 33ª temporada + especias de 2013 (sétima temporada) – 7.2
      32- 20ª temporada – 7.1
      33- Filme – 7
      34- 23ª temporada – 7
      35- 24ª temporada – 6

      Como no site tinha a lista de melhores Doutores, eu fiz uma também:

      1- Jon Pertwee (meu Doctor Who preferido)
      2- Tom Baker
      3- Christopher Eccleston
      4- William Hartnell
      5- Peter Capaldi (por enquanto)
      6- Patrick Troughton
      7- David Tennant
      8- Sylvester McCoy
      9- Peter Davison
      10- Colin Baker
      11- Paul McGann
      12- Matt Smith

      Curtir

      • Ah sim, isso me irrita muito. A nota mais alta que tem no site é tipo 8,75, enquanto eu dou 10 fácil pra um monte de episódios. Mas a eu fiquei surpreso como o ranking da série atual é parecido com como eu rankeio ela

        O meu ranking da série atual é 5>8>1>4>6>7>3>2, enquanto no site ficou 5>8>1>7>4>6>3>2. Basicamente só mudou a classificação da 7ª.

        Ainda estou trilhando o caminho da série clássica e estou no 3º, mas realmente achei a 7ª temporada a melhor coisa existente em Doctor Who até hoje

        Curtir

      • Cara a sétima da clássica é perfeita, o Pertwee está perfeito e é muito legal ver ele como um Doutor que está preso na Terra e não gosta nada disso, a Liz Shaw é ótima, pena que ficou tão pouco tempo na série, e o Brigadeiro é meu segundo personagem preferido em Doctor Who, perdendo só para o Doutor.
        E as histórias são ótimas, Spearhead From Space é a melhor apresentação de Doutor já feita, e está entre minhas 20 histórias favoritas de toda série, depois vem The Silurians que é ótimo (por mais que eu ache que os Silurians só deveriam ter sido usados uma vez, porque toda história deles são iguais), depois tem Ambassadors of Death, que seria o “ponto fraco” dessa temporada, e não é nada menos que muito bom, e por último Inferno, essa história é perfeita, com certeza entre meus 10 episódios favoritos da série. Aconselho a todos verem essa temporada.

        E cara, a 26ª temporada é muito boa, quando você chegar nela vai ver. Tem Battlefield (a história não é nada de espetacular, mas tem o Brigadeiro, que faz tudo ficar melhor), depois vem as grandes histórias: Ghost Light (que é muito bonita) e Curse of Fenric (que é ótimo, e um final lindo), e a temporada (e a série clássica) terminam com Survival, que é muito boa, além de ter o Mestre e da aquela saudade de saber que a série está quase no fim.

        Curtir

      • Minha apresentação de Doctor Favorita é ‘The Eleventh Hour’ do Matt Smith, o qu epra você deve ser estranho pelo fato de que vc aparentemente não gosta dele, mas o 11º é meu Doctor favorito. ‘The Eleventh Hour’ é um episódio que tinha tudo pra dar errado. Tudo. Mas é até hoje um dos melhores episódios do Matt e meu 4º episódio favorito da série atual. Mas ‘Spearhead from Space’ é um close second, com ‘The Power of the Daleks’ em 3º. O que é estranho, pois fora Eleventh, meus episódios pós-regeneração favoritos são aqueles de antes da série ter estabelecido as regras da regeneração.

        ‘The Silurians’ é realmente muito bom. MUITO bom. Apesar da produção tosquíssima e prostéticos que me fazem pesar que reclamei de barriga cheia dos efeitos da 1ª temporada da série atual, o roteiro salva o episódio. Ele é um roteiro que explora muito bem a gray morality do personagens.

        ‘The Ambassadors of Death’ é o típico episódio mediano de temporada, mas ele foi bem mais interessante do que a maioria dos episódios assim

        ‘Inferno’ é perfeito, melhor episódio do Pertwee

        Curtir

      • Eu gosto do Doutor do Smith, é que eu acho ele uma mistura de uma criança, um palhaço e um deus, e isso me irrita um pouco. Mas meu maior problema com ele se chama Amy Pond, cara eu não suporto ela, e ela estraga o Doutor do Matt.

        Mas, com certeza Eleventh Hour é a minha segunda apresentação de Doutor favorita, com Power of the Daleks em terceiro, Deep Breath em quarto e Rose (eu devo ser o único que acha esse episódio muito bom) em quinto, as outras histórias são bem ruinzinhas, principalmente os lixos terríveis que são Twin Dilemma e Time and the Rani.

        Curtir

      • Eu realmente acho que o Matt Smith interpreta muito mais um velho que se finge de jovem (o que casa muito bem com ‘The Day of the Doctor’ e ‘Deep Breath’) do que uma criança, sinceramente. Mas se você ve desse jeito…
        Agora, eu gosto da Amy. E do Rory. Mais do Rory, mas gosto bastante da Amy, e no fim ela é A companion do Matt, que nem o Jamie é pro Patrick e a Jo é pro Pertwee, ela é a companion que meio que define aquele Doctor, o que realmente faz com que quem não goste dela goste menos do Doctor do Matt.
        Eu gosto bastante de ‘Deep Breath’, nada absolutamente maravilhoso como ‘Listen’ foi pra mim nessa temporada, mas um bom episódio nevertheless, mas acho ‘Rose’ e ‘The Christmas Invasion’ ruins e chatos. O povo fala bem de ‘Castrovalava’ então to meio que looking forward pra esse, mas fora isso vou com expectativas bem baixas para os episódios pós regeneração

        Curtir

      • Realmente, quando você não gosta do companim marcante de um Doutor já é meio caminho andado para não gostar dele.

        Claro que Deep Breath não é tão bom quanto Listen (sem dúvida um dos melhores episódios da série atual), mas é uma boa apresentação. The Christmas Invasion é bem ruinzinho e chato e é irritante a demora pro Tennant fazer alguma coisa.

        Castrovalva é um bom começo pro Davison, mas não é tão bom quanto outros episódios da era dele, como: Enlightment, Mawdryn Undead, Earthshock, Kinda, Snakedance e principalmente The Caves of Androzani, que eu considero a melhor história já feita em toda série.

        Curtir

      • Good to know. Geral hypa ‘Genesis of the Daleks’, ‘The Talons of Weng-Chiang’, ‘Pyramids of Mars’, ‘City of Death’, ‘The Deadly Assassin’ (nome muito redundante, a propósito), ‘The Caves of Androzani’, ‘Earthshock’, ‘Kinda’,etc. e eu fico com muita vontade de assistir, mas também dá muita preguiça Eu realmente preciso andar com a série clássica, mas as vezes da preguiça e não tive muito tempo pra isso nessas férias. Mas sinceramente espero conseguir terminar de assistir em um ou dois anos (acho que dá se eu me esforçar)

        Curtir

      • Todas essas histórias são ótimas, para mim Caves of Androzani, Talons of Weing-Chiang e Genesis of the Daleks são os melhores episódios de toda história de Doctor Who. Outras histórias geniais: Carnival of Monsters, The Green Death, The Time Warrior (não sei se voce ja viu esses, já que são da era Pertwee), Robots of Death (que faz parte da 14ª temporada, junto com Deadly Assassin, que é espetacular, Robert Holmes era um gênio, e Weing-Chiang, essa temporada seria a melhor, mas tem o mediano Masque of Mandragora, e o horrível Hand of Fear, que infelizmente é a despedida da Sarah Jane), The Ark in Space, Horror of Fang Rock, The Sun Makers, Vengeance on Varos, The Mark of the Rani, The Greatest Show in the Galaxy, The Curse of Fenric e qualquer história de Daleks da era do John Nathan-Turner (principalmente Remembrance of the Daleks).

        Eu terminei a classica nessas férias, mas eu já tinha visto um tanto antes de começar a fazer uma maratona, então isso ajudou. Se você ainda está no Pertwee, você ainda vai passar pela pior parte da clássica, pelo menos pra mim, que são as duas últimas temporadas do Tom Baker, se o resto da era dele é genial, essas últimas duas são dificeis, principalmente por que os episódios são fracos (só se salvam o ótimo Destiny of the Daleks, e o espetacular City of Death), e por que você já começa a ficar de saco cheio do Tom, ele pode ser genial, mas é cansativo ver sete temporadas com o mesmo Doutor.

        Curtir

  2. No especial An Adventure In Space And Time não é dito que Doctor Who seria uma mistura de H. G. Wells com Papai Noel, mas sim uma mistura de H. G. Wells com C. S. Lewis. Ele é mais conhecido por As Crônicas de Nárnia, mas escreveu uma trilogia absolutamente fantástica sobre viagens espaciais, conspiração, e como é um autor cristão, colocou esse tema semelhantemente como fez em Nárnia. Fica a dica: Trilogia Cósmica de C. S. Lewis: Vol. I – Além do Planeta Silencioso; Vol. II – Perelendra; Vol. III – Uma Força Medonha.

    Curtir

  3. Algumas reconstruções valem a pena. I mean it. Bem, também pelo fato que metade da era do 2º Doctor está perdida. The Daleks’ Master Plan é um dos arcos mais queridos do Hartnell. The Web of Fear é MUITO BOM, e graças a Deus teve quase todos os seus episódios em 2013. Só tem um faltando. The Evil e The Power of the Daleks são muito bons, mas Power foi perdido completamente e Evil só tem um episódio existente. Fury from the Deep é outro episódio que eu quero muito que seja recuperado

    Curtir

    • Also, fact: no início de Doctor Who, a ideia era de que o doctor fosse apenas um mentor, e que o Ian e a Barbara assumissem o papel de protagonistas. Porém, graças o interpretação do Hartnell, o personagem rapidamente se tornou muito querido pelo público e o foco mudou para ele a partir da segunda temporada

      Curtir

    • The Daleks’ Master Plan é bom mas é muito longo, Web of Fear é ótimo, Power of the Daleks e Evil of the Daleks são espetaculares, Fury From the Deep é uma otima historia, mas é bem estranha tambem, outras reconstruções muito boas: Marco Polo, The Celestial Toymaker, The Faceless Ones, The Invason.

      Curtir

      • Marco Polo é muito parado e muito dependente de diálogo, e sem footage as vezes fica meio maçante, mas gosto.
        Não sou grande fã de Celestial, acho meio estúpido.
        Gosto de Faceless, mas está longe de ser o melhor do Troughton
        Não conto The Invasion como reconstrução porque animaram, mas é um dos melhores episódios do segundo e de cybermen (que são muito mais interessantes na série clássica do que os robozinhos falando ‘Delete’ que são na série atual)

        Curtir

  4. Ah o Netflix… HUIAOHAIUOHA Eu assinei ele só por causa de Doctor Who. Queria fazer a minha mãe assistir e de quebra terminaria a 3 e 4 temporada no conforto do meu sofá. Nunca iria saber que seria tão traumatizante!
    O Tennant já foi amor a primeira vista, então a cada episódio que passava (eu já sabia como era DW e regenerações) ficava com o cu (desculpe a expressão) na mão HIOUAHOAIUAHIO Sério, eu sofria muito! Sabia que ele ia regenerar, mas não sabia quando. Sofri por antecipação o tempo todo… Até que meu amigo que já havia assistido toda a fase do 10 me falou que ele regenerava no fim da 4ª temporada. Ok, respirei fundo e fui… Até que cheguei no ultimo episódio que a Netflix disponibiliza da 4ª (acho) que é a do Next Doctor. GENTE! Eu já comecei esse episódio morrendo por dentro e daí termina ele e eu fico “Ok… cadê regeneração?” e passo pro próximo episódio que já começa com o Matt bem doido pelos céus. Vem a abertura, o nome do Tennant não está mais ali, a música mudou e eu entrei em pânico, juro. Eu comecei a chorar, dei pause e fiquei chorando por mais de meia-hora. Achei que a regeneração seria explicada em alguma parte do episódio, então respirei fundo e resolvi continuar depois de parar de chorar lol Até que essa parte não chegou nunca e fui olhar no site que eu assistia antes da netflix, lá eu vi que ainda tinha mais uns 4 episódios pela frente, que não existe na netflix. EU FIQUEI FURIOSAAAAAAAAAAAAA! (e odiando o matt um pouco. Ok, não odiando… mas em negação.) Bom, experiência traumatizante né? O minimo que a netflix deveria fazer era colocar um aviso, porra. O pior é que você manda as reclamações para eles e eles sequer respondem… a qualidade das legendas são uma bosta também. Em qualquer site pirata assistia melhor DW do que na netflix. Enfim… Nem preciso dizer como foi minha reação quando o Tennant se regenera né. Foi como se alguma pessoa da minha vida mesmo morresse. Até no trabalho eu chorava. HAHAHAHAHH
    Ok, me desculpem pelo texto… mas precisava compartilhar esse momento trágico.

    Curtir

  5. FINALMENTE!

    Algo sobre Doctor Who em PT-BR – Às vezes eu canso de ser obrigado a ouvir, assistir e ler sobre Doctor Who em inglês.

    Quando eu comecei a assistir a serie, por indicação de ninguém, era apenas uma da lista de series em um extinto site de “Três Omens Raivosos, Revoltados, Embriagados, Nervosos e Teimosos” que eu visitava com frequência em busca de entretenimento, até que chegou um dia em que as series que haviam me indicado da lista já haviam sido devoradas – Sabem aquele momento de fim de serie, aquele momento que fica um vazio enorme na tua vida e nada mais parece fazer sentido? Foi ai que eu, no mamãe mandou mesmo, clickei em “Doctor Who”.

    O primeiro episódio não me ganhou, mas, como eu estava de boa vontade, assisti o segundo e o terceiro… E o quarto… E não consegui mais parar.

    Fui assistindo até chegar no episódio que havia sido lançado mais recentemente, naquela época, foi ai que eu fui pesquisar sobre a serie e descobri a quantidade de fãs pelo mundo que a serie tem, passei a ouvir podcasts, assinei canais no Youtube, tudo sobre Doctor Who que eu encontrei. Mas eu tenho uma mania de pesquisar tudo em inglês se a pesquisa é sobre algo estrangeiro, por isso passei a fazer parte do fandom americano, mesmo morando aqui.

    Todo mundo para quem eu perguntava sobre Doctor Who me respondia, sem saber da piada:
    – Doutor quem? – E eu ria sem explicar nada.

    Nunca interagi com outro fã de Doctor Who pessoalmente e mesmo virtualmente meus amigos que gostam da serie não são brasileiros. (Recentemente descobri que um dos meus jogadores gosta da serie, não tanto quanto eu, mas ao menos dá pra conversar, um pouco)

    Por isso, descobrir vocês hoje, dia 09 de Janeiro de 2015, foi um grande presente. Obrigado.

    Queria deixar registrada aqui a minha New Meta 2015 que é Ouvir e Comentar em todos os episódios e publicações de vocês, daqui eu volto pro primeiro – já esperando que seja ruim, como mencionado aqui, mas de coração aberto, como fui pra ver o primeiro episódio da “new series”(Que por sinal eu amo, sempre que olho pra um manequim eu dou uma gargalhada(internamente)).

    Ah! Queria dizer também que acho o Doctor do Sr. Capaldi um dos melhores, às vezes eu me identifico com a falta de paciência que ele tem com a ignorância dos outros – é, eu sei que é errado.

    PS: Eu amei a Michelle Gomez como Missy, a forma com que ela fala e olha pro Doctor, ela realmente parece apaixonada por ele. E aquela cena que ela finge ser um tipo de robô, quando eu percebi que era ela mesma ali, pregando uma peça na cara do Doctor, meu Deus eu ri, ri tanto que a senhora minha mãe veio até o meu escritório ver se eu tava bem – e de fato me deu falta de ar(asma é foda).

    Ok, esse comentário já tá maior do que os emails que eu mando pra BBC de roteiros de Doctor Who que eu escrevo. Até o próximo comentário, que no caso vai ser na primeira publicação do site:

    Abraços.

    Andrews Nycollas, 24 anos, Game Designer, Escritor e Mestre de RPG.

    Curtir

  6. Uia meu comentário foi lido!! que emoção XD

    Também sou do time que esperar as analises dos episodios da temporada para saber o que pensar, mas tentar analisar sem todo o arco fica dificil e, se o doctor não levava o xp na regeneração, nessa do capaldi ele quase limpou todos os dados e começou láaaaa trás MESMO, pra precisar de redescobrir tanto assim

    Interessante que como a gravação foi antes do especial de natal e da confirmação da Clara pra proxima temporada, tinha todo um clima de Bye Bye Clara

    Na contramão de quase todo mundo, meu doctor favorito é o do Ecleston, o do Matt Smith eu aprendi a gostar, mas não suporto a Amy e as conclusões de arco megalomaciacas do Moffat, e depois da Donna, minha companion preferida é a Martha

    Acho que a personagem dela foi algo “olha deu certo esse clima de romance entre companion e doctor, vamos fazer de novo…. Pois é, mas a Rose era tão importante, antes de tudo o doctor vai ter que estar sentindo falta dela, assim como o publico, também podemos fazer o doctor ficar de mimimi pela Rose e deixar a Martha na friendzone, mas ficar dando corda”

    que é onde vejo fangirls reclamando da Martha, porque ela dá em cima do Doctor que está sofrendo pela Rose, mas ninguem fica lembrando que ele BEIJOU ela e ainda ficou oferecendo a Tardis pra passeio, ainda reclamam que ela resolveu deixar o doctor no fim de tudo pra superar essa fase (sendo que além disso, ela tinha uma FAMILIA precisando dela)

    Anyway…. bom retorno!!!

    Curtir

  7. Capaldaço é vida, Capaldaço é muito amor. Depois de três temporadas suportando Matt Smith, dá gosto ver um Doutor como ele. Já estava pensando que Episódios novos do WhoCares tinha virado Lenda Urbana, bom ver que vcs voltaram. Ansioso pelo episodio sobre o melhor (e mais injustiçado) episodio dessa 2 temporada: Love and Monsters.

    Curtido por 1 pessoa

    • Até gosto do Matt Smith, mas tavam abusando dele. Naqueles contos em comemoração dos 50 anos da série botaram referência ao 11 nos contos do 1º e 4º doutor; no especial “adventures in space and times”, em uma cena extremamente dramática botaram ele lá encontrando o Willian Hartnell (depois essa cena pra mim virou galhofada). Tá certo que ele era o Doutor da vez, mas não precisavam exagerar.

      Curtir

  8. Quensianos, que bom poder ouvi-los de novo!!!
    O primeiro Doctáh era realmente muito ranzinza. Mas o turning point foi o terceiro arco: “The Edge of the Destruction”, quando foram para antes do big bang e piram. Após voltarem ele passa a reconhecer o valor dos companions. Dêem uma chance a esse arco esquecido: dois episódios e sem fotonovela…..
    Série clássica é tosca? Star Trek original então…. Mas os bons roteiros dão imortalidade!
    Abraços!!!

    Curtir

    • Cara, por mais tosco que seja o Star Trek original, Doctor Who consegue ser mil vezes mais… tem um episódio na segunda temporada (“the death of doctor who”), por exemplo, que os Daleks criam um robô do Doutor, mas botaram um ator que não tem absolutamente nada a ver. O engraçado é todo mundo falando que não tem diferença nenhuma. Em outra parte do mesmo arco eles chegam num navio, mas quando mostra o navio inteiro dá pra ver claramente que tá numa banheira e é um desses navios de plástico que vendem em loja de 1.99. É tosco, mas diverte.

      Curtir

      • Valeu! Essa é a idéia!!! Mas Perdidos no Espaço além de tosco tinha roteiros indigentes e foi pro esquecimento… Não há fandom do Lost in Space com pessoal mais jovem…

        PS: Gostei da participação do Leo Raposa!

        Curtir

  9. Achei que o Whocares se espelharia no padrão Doctor Who até no hiato. Agora vai!!! Sobre as trilhas sonoras do Salimena, eu morri com Born this way no christmas ivasion kkkkkkk…a partir de agora deveria ser trilha em todos os episódios de regeneração.
    A tardis lembra o peão da casa própria não só no formato, mas também no som dela viajando rs.

    Curtir

    • A primeira temporada do Matt Smith é bem ruinzinha mesmo, como toda era dele foi, inclusive o Doutor do Smith e as companions dele são ruins também, a primeira do Tennant tem episódios ruins (Fear Her), e outros geniais (The Girl in the Fireplace, The Impossível Planet/The Satan Pit, e o finale), mas a primeira temporada do Capaldi é genial, como uma temporada com episódios como Deep Breath, Listen, Time Heist, Mummy on the Orient Express, Flatline e Dark Water pode ser ruim? Pelo menos pra mim essa temporada, disputa com a primeira e a quarta como as melhores temporadas da série nova.

      Curtir

      • A 5a Temporada é na verdade considerada nos fóruns como se não a melhor, uma das melhores temporadas de todas de longe. E sou um dos que pensa isso. Sinceramente, o único episódio da temporada de não reassistiria de boa vontade é Victory of the Daleks, que é péssimo, mas considero um mal necessário.

        Agora, acho a 2a A PIOR TEMPORADA DE TODOS OS TEMPOS. Só tem dois episódios bons (The Girl in the Fireplace e The Impossible Planet/The Satan Pit), 1 decente(Rise of the Cybermen/The Age of Steel) e o resto é de ruim pra péssimo (sim, acho o finale fraquíssimo)

        8a Temporada é foda, Capaldi é foda, all hail Moffat.

        Curtir

      • Eu acho a quinta média, não é ruim como a sétima (essa sim a pior de todos os tempos) mas não é tão boa quanto a quarta. O meu problema com a quinta são os episódios The Beast Below, Victory of the Daleks e Vampires of Venice, além do finale ser bem fraquinho, mas essa temporada tem bons episodios: Eleventh Hour, Amy’s Choice e Vincent and the Doctor.

        Eu gosto da segunda temporada, eu acho New Earth, Tooth and Claw, School Reunion histórias legais, além dos que você falou. O problema é que tem Fear Her e Idiot’s Lantern, que são tristes de se ver.

        Minhas temporadas favoritas
        1- Quarta
        2- Primeira
        3- Oitava
        4- Terceira
        5- Sexta
        6- Quinta
        7- Segunda
        8- Sétima

        Curtir

      • a 5a é a minha preferida, com metade da temporada sendo fenomenal ( The Eleventh Hour, The Time of Angels/Flesh and Stone, Amy’s Choice, Vincent and the Doctor, The Pandorica Opens/ The Big Bang) um episódio muito bom (The Lodger), 3 meio meh, mas que me divertiram (The Beast Below (aliás, o Doctor do Matt tem u dos seus momentos definidores neste), Vampires of Venice e The Hungry Earth/Cold Blood) e só um episódio que não gosto (Victory of the Daleks), mas é um episódio que considero necessário para parar com o ‘Oh. Meu. Deus. Os Daleks estão extintos. Não. espera. ELES VOLTARAM!!!’ Toda a santa temporada.

        Meu ranking é

        1- 5a
        2- 8a (gosto de quase todos os episódios, só ItFotN que é uma verdadeira bomba)
        3- 1a (único arco do RTD que realmente presta e faz algum sentido, mas Alien of London/World War Three é uma das piores bombas de Doctor Who)
        4- 4a (Donna, Midnight, The Waters of Mars,Turn Left, Planet of the Ood e The Fires of Pompeii salvam o finale, que eu acho péssimo)
        5- 6a (Não gosto tanto do finale, que é bem confuso, mas tem vários dos meus episódios favoritos do Matt, como A Chritmas Carol The Impossible Astronaut/Day of the Moon, The Doctor’s Wife, A Good Man Goes to War, Let’s Kill Hitler, The Girl Who Waited e The God Complex)
        6- 7a (Gosto de vários episódios separados, como Asylum of the Daleks, The Angels Take Manhattan (até hoje melhor despedida de uma companion), The Snowmen, The Bells Saint John e Hide, e gosto da trilogia “… of the Doctor”, The Name of the Doctor é o terceiro melhor finale de NuWho na minha opinião, The Name of the Doctor é simplesmente foda e The Time of the Doctor é a regeneração do Matt Smith, que é meu Doctor favorito)
        7- 3a (Deus do Céu, como odeio aquele finale, e como o povo adora juntar o obviamente superior ‘Utopia’ como parte de um episódio triplo. Infelizmente, o finale é tão ruim que destrói a moral da temporada inteira, que poderia estar muito melhor graças a strong-hitters com Human Nature/Family of Blood, Blink e Utopia. Uma pena)
        8- 2a (Fraca. Só TGitF e TIP/TSP se salvam. Tenho vários problemas com The Christmas Invasion, acho New Earth estúpido e abusa da minha suspensão de descrença com a resolução do problema com o ‘Ki-Suco’ de solução intravenosa. Tooth and Claw é um episódio com roteiro fraco, mas a direção compensa um pouco. É um dos menos fracos da temporada. School Reunion depende muito de nostalgia pra funcionar, então sempre que assisto é uma sensação de boredom porque EU NÃO TENHO SAUDADE DA SARAH JANE OU DO K9, EU ACABEI DE VER ELES NA SÉRIE CLÁSSICA QUE ASSITI HOJE!!! Mas gosto do conceito do monstro. RotC/TAoS é decente, mas não bom. The Idiot’s Lantern é terrível de ruim, assim como Love and Monsters e Fear Her. O finale é fraco, Cybermens não fazem nada, Daleks viram piada, solução Deus Ex Machina total e uma despedida para Rose que é, na minha opinião de merda, mal-escrita.)

        Curtir

  10. Poxa… acho a Dona tao sem graça… a Marta é a pior mas a dona ta quase la de sem graça… =S
    Quanto o Tema do 12 Doctor, o único momento que senti que ela estava tocando no episodio foi no episodio de natal e fiquei em duvida se era tema do doctor ou do papai noel… vai ser dificil alguma trilha bater o tema do matt smith

    Curtir

  11. Tem um outro caso na quinta temporada que o doutor usa uma espécie de poder telepático: Quando é Amy é ferida e posta na Pandorica para ser salva, o Doutor segura na cabeça dela para “deixar uma mensagem para quando ela acordar para que saiba o que está acontecendo” (episódio 13). Acho que isso conta como um resquício de poder telepático.

    E se não me engano no episódio dos Sensorites, eles escolheram a Susan porque ela tinha mais sensibilidade para entendê-lo, o que também pode levar a entender que o Doutor também tem um pouco desse poder, só que não é desenvolvido.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s